Vereadora tenta surfar na onda de prisões

Foto/Jean Rizk
- Publicidade -

Circula pelas redes sociais um vídeo da vereadora Ester Mioto, por meio do qual a parlamentar comenta, de maneira bastante genérica e sem trazer novidades, o processo que levou à prisão pessoas ligadas ao repasse de verbas para uma organização social que atua na saúde de Penápolis.

É importante lembrar que em junho deste ano (há cerca de 4 meses, portanto), boa parte da sessão do legislativo penapolense foi tomada pela seguinte discussão: As organizações sociais que atuam na saúde são obrigadas a responder os requerimentos de informações formulados pelos vereadores?

Demonstramos aqui neste espaço que a discussão é superada e os vereadores possuem diversos mecanismos para obrigar a organização social a fornecer as respostas solicitadas pela Câmara, seja com base na Lei de Acesso a Informação, seja utilizando-se dos mecanismos próprios de fiscalização que cabem aos vereadores. Veja o texto aqui: https://noticiasdointerior.com/organizacao-social-e-obrigada-a-responder-os-requerimentos-da-camara/.

Evidentemente, em se tratando de administração pública, quando interesses escusos, de um lado, encontram o despreparo, do outro, o resultado só pode ser a dilapidação do patrimônio público.

- Publicidade -