Sem o voto do presidente, por 14 votos a 1, câmara de Araçatuba aprova empréstimo de 26 milhões

Em sessão extraordinária, que aconteceu nesta terça-feira, 25, a câmara de Araçatuba aprovou o pedido de financiamento, pela Caixa Econômica Federal, de R$ 26 milhões, feito pelo executivo, cujos recursos serão investidos em obras de infraestrutura.

O financiamento será liberado em cinco parcelas de R$ 5,2 milhões e deverá ser pago em 120 meses com juros de 5,4% ao ano mais CDI. O prazo de carência será de 24 meses.

O destaque ficou com o discurso do vereador Arlindo Araújo (PPS), que destacou que se a prefeitura adotasse medidas de austeridade como extinção da secretaria de participação cidadã, que segundo ele, em 4 anos, economizaria R$ 8 milhões; propaganda, que são gastos 2 milhões por anos, em 4 anos economizaria mais R$ 8 milhões, além dessas citou outras medidas cuja redução representaria R$ 30 milhões em 4 anos.


O entendimento do vereador Arlindo Araújo é que teria como cortar gastos, sem a necessidade de fazer empréstimo, portanto prezou pela sustentabilidade financeira das futuras gerações.