Saúde investiga suspeita de caso de sarampo em Guararapes

Prefeitura Municipal de Guararapes

Uma criança de 1 ano está com suspeita de sarampo em Guararapes. Segundo informações da Vigilância Epidemiológica, a criança deu entrada em uma unidade de saúde particular, com sintomas da doença. Em seguida foi solicitada a coleta de sangue. O resultado da amostra deu positivo, mas seguindo o protocolo, uma nova coleta se faz necessária para a confirmação do caso.

A equipe de saúde já realizou visitas nas residências em torno do caso suspeito, onde foi verificado se as vacinas de sarampo estão em dia, por meio da carteira de vacinação dos moradores.

Dados levantados pela Vigilância Epidemiológica mostram que, Guararapes possui aproximadamente 60 crianças de 6 a 11 meses que ainda não receberam a dose zero da vacina contra o sarampo.

O Departamento Municipal de Saúde está realizando desde o dia 7 de outubro, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. As crianças de 6 meses a menores de 5 anos, que ainda não possuem as duas doses da  vacina, devem procurar a UBS Dr. Norman Storto (Postão), na sala de vacina, com a carterinha, das 7h às 16h30. O local não fecha para almoço. A campanha vai até o dia 25 de outubro.

Neste sábado, 19 de outubro, será o dia “D” da campanha nas UBSs Dr. Norman Storto (Postão) e Dr. Akira, das 8h às 17h.

A prevenção ao sarampo é feita por meio da vacinação. Os imunizantes são assegurados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e estão disponíveis em unidades básicas. O governo federal estabeleceu a prioridade de vacinação de todas as crianças com idade entre 6 meses e 11 meses e 29 dias, grupo em que a doença pode se tornar letal mais facilmente. Nesse caso, é aplicada a chamada dose zero.

O sarampo é uma doença infectocontagiosa causada por um vírus, com alta contagiosidade. Os sintomas incluem febre, tosse, coriza e conjuntivite, seguidos por um exantema (erupções vermelhas na pele) que se inicia na cabeça e se espalha por todo o corpo.

Fonte: Prefeitura Municipal de Guararapes