Santa Casa de Penápolis volta a realizar cirurgias eletivas

Secom-PMP

As cirurgias eletivas, aquelas que não têm caráter de urgência e dependem de marcação para serem executadas, voltaram a ser realizadas na Santa Casa de Penápolis. Ao todo, serão realizadas cerca de 1600 cirurgias em 11 especialidades, perfazendo quase 70 procedimentos diferentes.

Na última quinta-feira (19), o secretário de Saúde, Wilson Carlos Braz, esteve no hospital conversando com os profissionais que realizaram os primeiros procedimentos cirúrgicos após uma interrupção de cerca de um ano nas eletivas.

“Estamos felizes com o retorno das cirurgias eletivas e a partir de agora, nosso objetivo é conseguir fazer com que a Santa Casa tenha condições de dar continuidade aos procedimentos. Apesar de não serem urgentes, os pacientes precisam ter uma perspectiva de quando serão submetidos às cirurgias”, destacou Braz.

O secretário de Saúde ainda explicou que todos os pacientes que estão na lista de espera são procurados pelos profissionais do setor para atualização do estado clínico.

“Estamos fazendo uma atualização nas informações que constam em nosso sistema. Em alguns casos, a partir da inclusão do paciente na fila de espera, a espera chegava há mais de três anos, por isso, é necessário atualizar o estado de saúde de cada paciente. A partir daí, vamos reagendando os procedimentos”, detalhou o secretário.

Segundo o médico cirurgião Luiz Henrique de Felippe Valente, neste primeiro momento, os procedimentos estão concentrados em quatro especialidades. “Iniciamos as cirurgias eletivas com abrangência em quatro áreas, sendo Cirurgia Geral, Otorrino, Proctologia e Ginecologia”, destacou Valente.

O vice-prefeito Carlos Alberto Feltrin, que esteve nesta semana em São Paulo buscando obter mais recursos para a área da Saúde, comentou a retomada das cirurgias eletivas, agradecendo a união de esforços em prol de Penápolis.

“Precisamos de pessoas que trabalhem para o bem coletivo e não em projetos pessoais. Temos que nos preocupar com as milhares de pessoas que precisam passar por um procedimento cirúrgico e neste sentido, quero agradecer aos deputados estaduais e federais, que enviaram recursos para Penápolis e aos penapolenses que querem o melhor para nossa cidade”, afirmou Feltrin.

Confira os especialidades e procedimentos que serão realizados na Santa Casa:

– Cirurgia Geral

Colecistectomia

Hérniorrafia inguinal

Hérniorrafia umbilical

Hérniorrafia incisional

Cisto pilomidal

Exerese de cisto sacro-coccigeo

Herniorrafia epigástrica

– Cirurgia Vascular

Varizes

Varicocele

Varizes Escrotais

– Cirurgia Otorrinolaringologia

Adenoidectomia

Adenoamigdalectomia

Cirurgia nasal

Septoplastia

Mastodite crônica

Sinusectomia maxilar

Timpanoplastia

Cirurgia nasossinusial

turbinectomia

– Cirurgia Plástica

Blefarocalasia

Hipertrofia de mama

Orelhas proeminentes

– Cirurgia Urologia

Próstata

Calculo rim

Incontinência urinária

Cisto

Cistocele

Estenose uretra

Exerese de lesão de escroto

Hidrocele

RTU próstata

Uretrolitotripsia

Passagem de catéter

Ressecção de prolapsode mucosa de uretra

Transtorno trato urinário

Exerese cisto epididimo

Ciatolitotomia

Postectomia

– Cirurgia Ginecológica

Salpingectomia

Cistocele

Colpoperineoplastia

Sling

Miomectomia

Histerectomia

Ooforectomia

Leiomioma de útero

Prolapso genital

– Cirurgia Proctologia

Exerese plicoma anal

Fissura anal

Hemorroidectomia

– Cirurgia Cabeça – Pescoço

– Cirurgia Bariátrica

– Cirurgias Oftalmológicas

Catarata

Retina

Glaucoma

Catarata Complicada

Catarata Traumática

Plástica Ocular

Pterígio

Ref. palpebra

Vias Lacrimais

– Ortopedia

Cirurgia Ombro

Cirurgia Quadril

Artroplastia Quadril

Cirurgia joelho

Coxartrose

Cirurgia tornozelo

Artroplastia Joelho

Fonte: Secom – PMP