Residencial Marco Guerreiro entra em fase final de entrega

Secom-PMP

Representantes da CEF – Caixa Econômica Federal estiveram ontem, 16, em reunião na Prefeitura de Penápolis para tratar dos últimos acertos referentes à documentação do Residencial Marco Guerreiro, a fim de que as 300 moradias do Programa Minha Casa Minha Vida, sejam entregues o quanto antes para as famílias contempladas.

O prefeito em exercício, Carlos Alberto Feltrin, recebeu a gerência local e regional da Caixa no gabinete, quando pediu agilidade no processo para que as moradias do Residencial Marco Guerreiro sejam entregues o mais rápido possível para a comunidade.

“Essas casas são destinadas às famílias de baixa renda e sabemos o quanto elas precisam sair do aluguel, por isso, pedimos agilidade no processo para que essas famílias recebam o quanto antes a casa própria”, reforçou Feltrin.

O superintendente regional da CEF, José Orlando Garla, explicou que o Residencial Marco Guerreiro já está em fase final de entrega, e que atualmente passa por um processo importante de legalização do empreendimento e das famílias beneficiadas. “Infelizmente temos que passar por um processo burocrático, mas são trâmites necessários junto ao cartório e à Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), que garantirão maior segurança às famílias quando receberem a residência”, comentou o superintendente.

O coordenador de Habitação da Caixa, Arildo de Almeida, argumentou que todo esse processo de documentação vai beneficiar ainda mais as 300 famílias contempladas. “Estamos agilizando a documentação do empreendimento e das famílias, para que elas ao assinarem o contrato da moradia e receberem as chaves, já possam mudar para a casa própria no mesmo dia. Além disso, as famílias não terão nenhuma despesa com a documentação do imóvel”, garantiu.

Casas prontas

Segundo informou o prefeito em exercício, Carlos Alberto Feltrin, as 300 moradias do Residencial Marco Guerreiro estão prontas e a Prefeitura de Penápolis já expediu o Habite-se de todos os imóveis.

As obras do Residencial Marco Guerreiro foram executadas pela empresa Lomy Engenharia, em um investimento de aproximadamente R$25 milhões. As moradias fazem parte do Programa Minha Casa Minha Vida, para as famílias da Faixa I, com renda até R$1.800.

Representando a Caixa, estiveram presentes na reunião o superintendente regional, José Orlando Garla; o coordenador de Habitação, Arildo de Almeida; os gerentes regionais, José Alexandre Rego e Ronaldo Kanayama; o gerente geral da agência de Penápolis, André Calegari da Silva e o assessor sênior, Sebastião Alexandre Filho.

Por parte da Prefeitura, além de Feltrin, participaram a secretária de Governo, Fátima Rahal; o secretário de Desenvolvimento, Enio Cesar Almeida; o arquiteto Reinaldo Morás; a chefe financeira e administrativa da Emurpe, Marcia Arriero Marin e a assistente social da Emurpe, Nércia Pereira Alves Ribeiro; também esteve presente o vereador Adalgizo do Nascimento, o Ziza.

Fonte: Secom – PMP