Publicação oficial autoriza licitação para “Rotatória da Bonolat”

Secom – PMP

Em viagem a São Paulo na terça-feira (08), o prefeito Célio de Oliveira se reuniu com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para formalizar a publicação dos extratos do convênio para construção da “Rotatória da Bonolat”, autorizando a abertura da licitação pública. A ação finaliza os trâmites para a construção do dispositivo de acesso na Rodovia Sargento Luciano Arnaldo Covolan, em um investimento de mais de R$3,7 milhões.

Os extratos do convênio serão publicados no Diário Oficial do Estado de São Paulo hoje e nesta sexta-feira (11). Com a publicação, a Prefeitura fica autorizada a iniciar o processo licitatório para a contratação da empresa que será responsável pela construção do dispositivo de acesso. As primeiras etapas da licitação já serão realizadas na segunda-feira, 14.

Segundo o prefeito Célio de Oliveira, o convênio firmado entre o município e o Governo do Estado é um marco para a cidade pois possibilitará o início das atividades da empresa de laticínios Bonolat. “Com a empresa em fase final de obras, a rotatória é fundamental para garantir a segurança no trecho da Arnaldo Covolan que terá intenso tráfego de caminhões e demais veículos”, afirmou.

“Agradecemos especialmente o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, que nos recebeu em seu gabinete no Palácio dos Bandeirantes e concluiu esse processo. Ao governador João Doria e ao vice-governador Rodrigo Garcia pelo apoio na geração de empregos, de oportunidades e para o desenvolvimento de Penápolis”, destacou o prefeito.

Todo o projeto técnico para o dispositivo de acesso está pronto e aprovado pelos órgãos competentes, assim como a desapropriação das áreas necessárias para a construção. A melhoria também garantirá o acesso em segurança para os moradores das Chácaras de Recreio Greenville.

O dispositivo também ligará a Rodovia à malha viária urbana do município, por meio das vias marginais, facilitando o acesso aos bairros Jardim do Lago II e Residencial Flávia. A construção está estimada em R$3.705.474,41.

Fonte: Secom – PMP