Profissionais da Educação participam de capacitação com o tema “Contação de Histórias”

PREFEITURA DE BIRIGUI/Assessoria de Imprensa

A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Sesc Birigui, está oferecendo aos profissionais da Educação Infantil da rede uma ação de formação continuada. A capacitação está sendo aplicada pelo ator e arte-educador Ademir Apparício Júnior

No workshop “Contação de Histórias: O Onírico, O Ofício e as Gerações”, os participantes vão aprender como e por quê fomentar a arte de contar histórias, o que deve ter em uma história para que ela seja interessante, como fazer as adaptações da escrita para a oralidade, como ela pode ser útil na educação infantil, técnicas corporais, vocais e diversas formas que o contador de histórias poderá apresentar em seu ofício.

A capacitação será aplicada em quatro dias diferentes, todas no teatro do Sesc Birigui, reunindo profissionais das unidades de ensino da Prefeitura Municipal.

O primeiro encontro ocorreu no último dia 6 de agosto. Outros três encontros estão previstos: dias 7, 13 e 20 de agosto, sempre das 18h30 às 20h30.

A Secretaria de Educação de Birigui entende que o ato de contar histórias na Educação Infantil ganha centralidade nas práticas pedagógicas quando se pensa no perfil de criança que se deseja formar nesta etapa da escolaridade: ativa, protagonista na aquisição de conhecimentos e habilidades, consciente, que esteja em preparação para exercício da cidadania, solidária, humana, inteligente emocionalmente, capaz de fazer escolhas e atuante em sociedade.

Por meio da atividade de ouvir e recontar histórias, orais ou escritas, desenvolve-se a empatia, o senso crítico, estético, a capacidade de atenção voluntária e, principalmente, aprende-se a viver e atribuir significados ao mundo, testam-se os papeis sociais com os estratagemas que a literatura empresta, bem como se entra em contato com o patrimônio cultural e artístico acumulado pela humanidade, de forma prazerosa.

“Considerando que a sociedade de hoje se caracteriza por um fluxo de informações extremamente acelerado e por relações sociais permeadas pela importância fulcral da cultura oral e escrita, lembramos que se desloca para a escola a responsabilidade de apresentar e mediar os primeiros contatos com a escrita e oralidade de forma rica e estimulante, despertando encantamento e o gosto pela leitura”, falou a secretária de Educação de Birigui, Meiriane Beltran.

A secretária e sua equipe de gestão receberam o palestrante no primeiro dia da capacitação, ocorrido na última terça-feira (6) no Sesc Birigui.

Fonte: PREFEITURA DE BIRIGUI/Assessoria de Imprensa