Prefeitura investirá mais de R$2 milhões em exames de imagem

Secom-PMP

A Prefeitura de Penápolis realizou nesta semana o processo licitatório para a contratação de empresas que farão exames de imagem em pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), entre ultrassonografia geral, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

A medida visa diminuir a demanda por esses tipos de exames, já que muitos pacientes estão na fila de espera há bastante tempo. Para tanto, a Secretaria Municipal de Saúde investirá cerca de R$2 milhões em exames de ultrassonografia e tomografia computadorizada.

O prefeito Célio de Oliveira ressaltou que serão mais de 15 mil exames de imagens realizados até o final do ano em pacientes atendidos nas Unidades Básicas de Saúde, os postinhos. “Fizemos a licitação para que não haja mais o problema de demanda de exames, suprindo mais essa necessidade dos pacientes que há tempos aguardavam pelos exames”, disse.

Ultrassom

Ao todo, serão realizados 12.360 exames de ultrassonografia geral em pacientes das Unidades Básicas de Saúde, no período de um ano. Serão realizados, por exemplo, exames de ultrassom de abdômen total (1.200), obstétrica (2.400), aparelho urinário (600), articulações (600), artéria com doppler, carótidas com doppler, próstata, tireoide, entre outros. Esse tipo de exame favorece o diagnóstico de diversas doenças em diferentes partes do corpo.

A empresa vencedora da licitação foi a HBJ Serviços Médicos Ltda, pelo valor total de R$1.269.999,60.

Tomografia

Já para tomografia computadorizada serão 2.160 exames no total, disponibilizados aos pacientes do SUS. São exames de tomografia no tórax (360), crânio (360), abdômen (240), articulações (240), coluna, face pescoço, entre outras partes do corpo humano.

A empresa vencedora do processo licitatório foi a Associação Hospitalar Beneficente do Brasil, no valor total de R$676.500,00.

Ressonância

A licitação para os exames de ressonância magnética foi considerada fracassada, já que a única empresa interessada não apresentou a documentação exigida. Porém, a Prefeitura já iniciou os trâmites para novo processo licitatório de contratação de empresa que fornecerá exames de ressonância, atendendo assim, os pacientes que necessitam.

Ao todo, serão 600 exames de ressonância, incluindo crânio, coração, tórax, abdômen, coluna, bacia, entre outras partes do corpo.

Fonte: Secom – PMP