Prefeitura e PM assinam convênio para atividade delegada

Secom-PMP
- Publicidade -

Foi assinado na manhã de ontem (14), o convênio entre a Prefeitura de Penápolis e a Polícia Militar para a implantação da atividade delegada no município. Para a assinatura, o prefeito Célio de Oliveira e o vice Carlos Alberto Feltrin se reuniram com o capitão da 2ª Companhia da Policia Militar de Penápolis, Alex de Moura Brito.

Ainda estiveram presentes o secretário de Trânsito, Mauro Olympio dos Anjos; a secretária de Administração, Fátima Rahal; o secretário de Saúde, Wilson Carlos Braz, e o vereador Carlos Alberto Soares da Silva.

A assinatura do convênio é uma das últimas fases para que o trabalho seja iniciado, faltando apenas a análise da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Atividade Delegada é um convênio entre municípios e a Secretaria de Segurança Pública, órgão do Governo do Estado, que permite aos policiais militares desempenharem suas funções nos dias de folgas, férias e licença, sendo remunerados pela prefeitura.

Segurança

Com a atividade delegada, a implantação e otimização da fiscalização, e a autuação das infrações de trânsito de competências do município, poderão ser realizadas pelo efetivo da Polícia Militar, que por sua vez é diretamente ligada à preservação da ordem pública. O prefeito Célio de Oliveira destacou que atividade delegada traz enormes benefícios na área da segurança.

“É um projeto bastante importante pois reforça a questão da segurança em nosso município. Nós já temos ótimos indicadores na área e o objetivo é que eles sejam ainda melhores. Penápolis é uma das primeiras cidades da região a implantar a atividade delegada. Estamos bastante contentes em ampliar a proteção à população e reduzir ainda mais os índices de violência”, destacou o prefeito.

Segundo o capitão Brito, dos nove municípios da microrregião, Penápolis é a precursora da atividade delegada. “O município está delegando para a Polícia Militar algumas atividades inerentes à fiscalização municipal. Para a Polícia Militar isso é muito importante, mas principalmente para a população que ganha com mais policiais na rua prevenindo crimes. Essa é a nossa função principal”, afirmou.

O capitão da PM ainda explicou que as viaturas estarão rondando as áreas centrais da cidade, prédios públicos, escolas municipais, locais onde há a venda de ambulantes. “A PM também aumenta o número de viaturas e o número de policiais com essa parceria com o município”, disse. Ainda segundo o capitão, a expectativa é que, no máximo, até o final do ano o trabalho seja iniciado.

“Todas as fases de responsabilidade do município foram executadas, com a aprovação de lei e sua regulamentação, e a assinatura de convênio e o plano de trabalho. Agora o projeto é enviado para o órgão técnico da Polícia Militar, e encaminhado para a Secretaria de Segurança Pública. Assim que finalizado, o prefeito é convocado para a assinatura e a atividade delegada pode ser iniciada”, concluiu capitão Brito.

Fonte: Secom – PMP

- Publicidade -