Prefeitura de Buritama irá gastar cerca de 300 mil reais apenas com contratação de assessorias

A Prefeitura Municipal de Buritama irá gastar cerca de 300 mil reais com a contratação de assessorias nas mais diversas áreas no exercício de 2020.

O que nos chama a atenção é que a Prefeitura de Buritama já possui servidores concursados e em alguns casos servidores comissionado que poderiam realizar as funções supostamente feitas por tais assessorias.

Um exemplo é a contratação de empresa para serviços de consultoria, assessoria nas áreas de imprensa, relações públicas e comunicação objetivando suplementar e implantar as atividades de assessoria de imprensa no governo do município de Buritama, para atendimento dos diversos departamentos, divisões, setores e demais unidades do referido governo, sendo gastos R$ 82.800,00 (oitenta e dois mil e oitocentos reais).

E apesar desse gasto, existem servidores comissionados (ocupantes de cargo de confiança) que deveriam atuar no Setor de Imprensa.

Outro exemplo é a contratação de uma empresa para a prestação de serviços de assessoria técnico-pedagógica para a capacitação e acompanhamento em serviço na área de língua portuguesa com pagamento previsto de R$ 63.600,00 (sessenta e três mil e seiscentos reais).

Os professores concursados e aptos a atuar na área de língua portuguesa não são capacitados para ministrar as aulas? Qual a necessidade de uma assessoria mensal para tal fim?

Ainda na esfera da Educação, existe outra assessoria para a prestação de serviços de consultoria administrativa e educacional para atendimento do Departamento Municipal de Educação no valor de R$ 72.000,00 (setenta e dois mil reais), apesar de existir cargos comissionados de direção na referida pasta.

Neste caso não seria mais barato apenas realizar a troca da diretoria do Departamento Municipal de Educação?

Por fim, um outro gasto com assessorias que nos chamou a atenção foram as contratações de duas empresas para atuarem na área contábil, apesar de existir contador concursado desde 2004, segundo o portal oficial da cidade de Buritama.

Uma das empresas irá receber R$ 78.578,76 (setenta e oito mil e quinhentos e setenta e oito reais e setenta e seis centavos) para serviços especializados na área contábil, financeira, administrativa, acompanhamento da execução orçamentária, assessoramento para o plano plurianual, rotinas do Audesp, assessoramento na prestação de contas anuais, defesas junto ao TCE SP até decisão final e outros assessoramentos necessários.

Vale lembrar que existe o Departamento Municipal de Orçamento, Finanças e Contabilidade que, em tese, deveria ser responsável por todos os atos listados acima.

Além de tais gastos, outra empresa irá receber R$ 5.940,00 (cinco mil e novecentos e quarenta reais) para a prestação de serviços de assessoria contábil no no fechamento de balanço do exercício.

Nossa reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Buritama, mas até o fechamento desta matéria não houve qualquer resposta.

Abaixo podem ser vistos os PDFs referentes aos gastos em questão, obtidos por meio do portal da Prefeitura de Buritama.