Prefeitura cadastra famílias para entrega de cestas

Secom-PMP

Diante das dificuldades financeiras que famílias penapolenses vêm enfrentando nos últimos dias devido à pandemia do novo coronavírus, Covid-19, a Prefeitura de Penápolis iniciou nesta segunda-feira (13), o cadastramento para entrega de cestas básicas.

A concessão da cesta básica se dará somente para famílias que residam em Penápolis e que tenham como renda máxima o valor de um salário mínimo mensal (R$1045,00).

Os interessados devem se dirigir até a Biblioteca Municipal “Professor Fausto Ribeiro de Barros”, localizada na rua Irmãos Chrisóstomo de Oliveira, ao lado da Praça 9 de Julho. O atendimento será realizado de segunda a sexta-feira, das 09h às 16h.

O atendimento no local segue todas as medidas preventivas para evitar a contaminação por coronavírus. A Praça 9 de Julho foi sinalizada para que as pessoas que estejam na fila respeitem uma distância segura um dos outros. As equipes que atendem no local trabalham com equipamentos de proteção.

O Decreto nº 6426/20 assinado pelo prefeito Célio de Oliveira regulamenta o fornecimento de cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade social e disciplina sua distribuição. A norma foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município no último dia 09.

Cadastro

A secretária de Governo e Gestão Participativa, Fátima Rahal, explicou que cada família deve preencher um cadastro, através de um questionário, com informações definidas no decreto.

“Serão anotadas informações como estado civil, endereço, número de membros da família que residem no mesmo endereço, renda familiar, se possui familiar com problemas de saúde, se desempregado (informar o tempo), se recebe benefício do Governo, se possui o CadÚnico, entre outros”, detalhou Fátima.

Após o preenchimento, o formulário será enviado ao Cras (Centro de Referência da Assistência Social), onde pertence o requerente para que uma análise seja realizada. Na sequência, a Sasc (Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania) receberá a relação de famílias que estarão aptas para receber o benefício.

A secretária Fátima Rahal destaca que não será preciso correria das pessoas para aderirem ao programa, já que haverá possibilidade para que todos os interessados se inscrevam. “Pedimos para as pessoas que forem realizar o seu cadastro, que respeitem o distanciamento e que tenham tranquilidade, já que teremos condições de atender a todos”, finalizou.

Fonte: Secom – PMP