Penápolis teve saldo negativo na geração de empregos em 2019, aponta CAGED

Penápolis fechou 2019 com um saldo pior de empregos com carteira assinada em números absolutos do que no ano passado – 2018. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de dezembro mostram que houve uma variação negativa de 240 vagas de emprego formal  em 2019. Com isso, o estoque de empregos com carteira assinada chegou a 14.757 de vínculos.

Setores

Analisados os meses de janeiro a dezembro, de 2019, a indústria de transformação teve um saldo negativo de 165 vagas, com 1.035 admissões e 1.200 desligamentos; construção civil: 263 admissões e 273 desligamentos, um saldo negativo, portanto, de 10 vagas; comércio: 1.491 admissões e 1.547 desligamentos; serviços: 1.695 admissões e 1.655 desligamentos; Agricultura, silvicultura, criação de animais, extrativismo vegetal: 660 admissões e 646 desligamentos, dentre outros setores.

Caged

O Caged é divulgado mensalmente pela Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e traz o registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).