Pela primeira vez, Birigui receberá o Encontro Paulista de Museus (EPMi Noroeste)

Prefeitura de Birigui/Assessoria de Imprensa

O Sistema Estadual de Museus (Sisem-SP) e a Acam Portinari Organização Social de Cultura realizam em Birigui o Encontro Paulista de Museus itinerante Noroeste (EPMi Noroeste). O evento será realizado nos dias 26 e 27 de junho, no Sesc. A entrada é franca.

Conferências, mesas para trocas de experiências, oficinas sobre gestão, infraestrutura e segurança em museus fazem parte da programação do Encontro Paulista, evento ligado a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Os organizadores optaram por ampliar o alcance do evento, que nos últimos dez anos foi feito em São Paulo. Agora, itinerante, a meta é atender todas as regiões paulistas.

BIRIGUI – O Encontro Paulista de Museus contará com a participação do Museu de Historiografia Dr. Renato Cordeiro, cujo surgimento remonta ao ano de 1989, pelo condão do então prefeito Pedro Marin Berbel.

Recentemente, por decreto do prefeito Cristiano Salmeirão, o museu passou a ter atribuições e funções mais definidas. Após o decreto, foi possível conquistar o reconhecido do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), oficializado a partir do dia 21 de fevereiro de 2019.

Seguindo o que prescreve o decreto, o Museu de Historiografia Dr. Renato Cordeiro participará de um painel virtual com slides, que serão exibidos durante o Encontro Paulista.

Sob solicitação do COMPAC – Conselho Municipal de Patrimônio Cultural, criado pela Lei Municipal 5.884 de 25 de agosto de 2014, tem-se objetivo de estruturar um sistema de museus para garantir a articulação entre os outros museus já existentes e outros que possam vir a serem criados.

O Conselho também vê como importante a participação do Museu de Historiografia Dr. Renato Cordeiro como forma de divulgar um trabalho de preservação de documentos que já vem de alguns anos.

Deu-se o mesmo com o ConSeCult (Conselho Municipal de Políticas Culturais), criado pela Lei Nº 5.839, de 15 de maio de 2014, que vê a atuação do museu como promissora no que toca sua função de repositório da memória do município e região.

Na foto, o diretor municipal de Cultura, Paulo Bernardes, o prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, o presidente do COMPAC, Renato Reis, e a chefe de secção de Bibliotecas, Eldinalva Maria de Jesus Reis.

Fonte: Prefeitura de Birigui/Assessoria de Imprensa