Padaria artesanal é oportunidade de negócio em tempos de crise no Brasil

Assessoria de Imprensa/Prefeitura Municipal de Buritama

O cheirinho do pão assando ou os deliciosos bolos de aniversário são opções gratuitas para aprender no curso da Padaria Artesanal oferecido pelo Fundo Social de Solidariedade de Buritama. Os alunos aprendem sobre a confecção das receitas, além de receber noções de ética, higiene e cidadania. O objetivo da ação é incentivar a economia criativa e o empreendedorismo.

Para Sandra Regina da Conceição, os cursos tornaram-se uma oportunidade para obter uma renda extra e buscar seus objetivos em tempo de crise e de desemprego no Brasil. Ela explicou que sua casa se transformou em um local para empreender e agradar os paladares dos clientes. Citou ainda que já participou de cursos de pão de mel, torta salgada, pão de forma, salgados, panetone, rosca e bolo oferecidos pela Padaria Artesanal.

Segundo Sandra, a meta é se aperfeiçoar na produção de doces e salgados. Em sua casa, faz bolos de festa, salgados e pão de mel para vender por mês e consegue ter uma renda de cerca de R$ 500. Com o dinheiro já adquiriu batedeira planetária, forno elétrico, liquidificador, mixer (processador de alimentos) e utensílios para o uso diário. “Foi uma ótima experiência. Me ajudou muito. Foi através da Padaria Artesanal que eu tirei inspiração para começar com as vendas”, comentou ao dizer que “as metas é continuar com as vendas e procurar melhorar cada vez mais”, disse.

Os cursos são voltados para geração de emprego e renda da comunidade. Já participaram das oficinas mais de 200 pessoas em três anos da Padaria Artesanal em Buritama. Sandra aproveitou os conhecimentos adquiridos e colocou em prática. “Meus sonhos são: montar minha própria confeitaria e poder reformar minha casa”, explicou ao salientar que deseja fazer bolos e salgados. “Cada dia melhor para poder agradar cada vez mais os meus clientes”, concluiu.

Conforme a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Sirley Zacarias dos Santos, o projeto é uma alternativa para profissionalizar às famílias de baixa renda. “Os cursos oferecidos são serviços gratuitos para a qualificação profissional de pessoas que buscam melhorar a renda pessoal ou familiar, ou mesmo para quem procura ter sua primeira atividade com geração de renda”, completou.

De acordo com a diretora de Assistência e Desenvolvimento Social, Gislaine Murakami Rodrigues, a meta é oferecer capacitação para as famílias de baixa renda. Ela explicou que o município é polo da Padaria Artesanal e já recebeu moradores de outras cidades para participar dos cursos. “O objetivo é contribuir na capacitação das famílias de baixa renda ou desempregadas desenvolvendo uma política sistemática de qualificação profissional, baseada em modelos que possibilitem o desenvolvimento de habilidades, capacidades e competências facilitando a inserção do trabalhador no mercado de trabalho”, reiterou Gislaine.

Os cursos acontecem no prédio da cozinha-piloto e durante as aulas participam de atividades teóricas e práticas, no entanto, as inscrições são feitas no Fundo Social de Solidariedade (Marechal Deodoro, 755 – Livramento). O local atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Informações: (18) 3691-1535.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Prefeitura Municipal de Buritama