“Operação Dengue” é finalizada com coleta de 1,5 toneladas de materiais

Secom-PMP

A Prefeitura de Penápolis concluiu na quinta-feira, 06, as ações da “Operação Dengue” que abrangeu os bairros Jardim Del Rey, Village Regina e Portal dos Faveiros. Os moradores dessa região fizeram a limpeza de suas casas e quintais, depositando em sacos plásticos os possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika e também da febre amarela. Por sua vez, o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) efetuou a coleta desse material, que somou um montante de aproximadamente 1,5 toneladas.

As ações da Operação Dengue aconteceram nos dias 04 (terça-feira), quando os agentes fizeram a visita casa a casa orientando os moradores sobre o descarte dos criadouros em sacos plásticos que foram entregues; e nos dias 05 e 06 (quarta e quinta-feira), quando ocorreu a coleta dos materiais.

O Daep e o Serviço de Zeladoria Urbana fizeram a coleta de todo o material depositado nas calçadas pelos moradores, que foram separados em sacos verdes para os criadouros de materiais recicláveis e sacos pretos para o lixo orgânico. Os materiais recicláveis foram enviados à Corpe (Cooperativa dos Recicladores de Penápolis) e os demais, ao aterro sanitário.

Balanço da Vigilância

De acordo com dados fornecidos pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica, durante a operação, cerca de 40 agentes comunitários visitaram um total de 1.581 residências; sendo que 849 receberam os agentes e as outras 732 estavam fechadas, porém, foi deixado comunicado nesses imóveis. Nos próximos dias, os agentes dessa região farão novamente a visita para eliminar as pendências.

Durante a visita, foram encontramos 563 possíveis criadouros nas residências, sendo 402 com água parada e 44 já apresentavam larvas do mosquito Aedes aegypti.

Os criadouros mais encontrados pelos agentes na operação foram: vasos de planta (03 com larvas); prato de planta/pingadeira (18 com larvas), bebedouro de animais domésticos (06 com larvas), dentre outros.

Incorreto

Vale apontar que muitos moradores colocaram de forma incorreta móveis, entulhos e resíduos de grande volume nas calçadas, apesar de terem sido orientados a depositarem apenas os criadouros nos sacos plásticos. Mesmo assim, o Daep também efetuou a coleta desses materiais para não comprometer a eficácia da operação.

A Prefeitura e o Daep também efetuaram a limpeza de áreas verdes e diversos pontos viciados dessa região, onde os moradores descartam lixo de forma incorreta, contribuindo para a proliferação de doenças.

A Operação foi coordenada pela Secretaria Municipal de Planejamento e Secretaria Municipal de Saúde, contando com a parceria das demais secretarias municipais, Daep e Emurpe (Empresa Municipal de Urbanização de Penápolis).

Fonte: Secom – PMP