Obras de revitalização da Estação Ferroviária começam nesta semana

Secom-PMP

Começam nesta semana as obras de reforma da antiga Estação Ferroviária para a implantação do “Centro de Integração da Cidadania”, que concentrará diversos serviços municipais. Com a conclusão do processo licitatório, a empresa inicia o preparo do local para o início da revitalização já nesta semana. O investimento total será de R$ 1,1 milhão.

As obras ficarão a cargo da empresa Villaggio Engenharia Ltda, vencedora da licitação pública. Na última quarta-feira (22), o prefeito Célio de Oliveira e o vice Carlos Alberto Feltrin receberam o diretor da empresa, Antonio Marcos Menani para a assinatura do contrato. O valor total da obra será de R$ 1.101.264,56.

A antiga Estação Ferroviária será a sede do “Centro de Integração da Cidadania”. Cerca de R$881,5 mil são de recursos provenientes do FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos), vinculado à Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania. Outros R$ 219,7 mil são de contrapartida da Prefeitura.

Durante todo o processo para a conquista do FID, a Prefeitura contou com o apoio do deputado estadual, Roque Barbieri. “Foi um longo processo burocrático, com diversas fases e sempre tivemos apoio irrestrito do deputado Roquinho Barbieri, a quem agradecemos imensamente por todo incentivo a este projeto que modificará a região central da cidade”, lembrou o prefeito Célio de Oliveira.

“Agradecemos o empenho do deputado, primeiro na inclusão do projeto de Penápolis no programa do Governo do Estado e depois no trabalho para que o recurso fosse disponibilizado, ação também desempenhada em prol ao município em outras conquistas”, acrescentou.

O prefeito Célio de Oliveira ainda destacou que esta obra é bastante aguardada pela comunidade pois mudará o aspecto visual da região central da cidade. “Hoje, essa área localizada na avenida Rui Barbosa, encontra-se sem utilidade, um prédio bastante deteriorado”, destacou.

“Com a reforma do prédio e a implantação do Centro de Cidadania, teremos uma completa mudança da região. A empresa tem o prazo de nove meses para concluir a obra, mas esperamos que os serviços sejam finalizados com máxima agilidade, deixando o espaço pronto para a instalação de órgãos como o Procon, PAT, Posto Fiscal, entre outros”, afirmou o prefeito.

O diretor da empresa, Antonio Marcos Menani, afirmou que a previsão é que os trabalhos sejam iniciados nesta semana. “A primeira etapa é a limpeza do local, com a retirada de detritos. Em seguida, iniciaremos a demolição de algumas paredes, de acordo com o projeto técnico da obra”, contou Menani.

A Prefeitura ainda planeja para essa região uma obra complementar, com a ampliação e adequação da área da feira livre e da área onde estão instalados serviços de alimentação.

“O nosso projeto é estender a área da feira livre, complementar a reforma da Estação e revitalizar completamente essa região, para que se transforme em um ponto de encontro e uma referência para a população”, destacou Célio.

O prefeito ainda acrescentou que a Prefeitura de Penápolis enviará projeto para apreciação da Câmara de Vereadores para denominar o local como “José Ribeiro de Barros”, um histórico comerciante que atuava no antigo Terminal Rodoviário.

Projeto
O projeto técnico para a reforma do espaço foi apresentado em dezembro de 2018, em um chamamento público para aplicação de recursos do FID. Entre 1.200 projetos inscritos, o de Penápolis foi um dos 149 selecionados para o investimento. A aprovação do projeto ocorreu em novembro de 2018.

A obra prevê a reforma e adequação do prédio da Estação Ferroviária para a implantação do “Centro de Integração da Cidadania”. O prédio foi edificado nos anos 40 e, após a desativação do transporte ferroviário de passageiros, o espaço ficou sem utilização.

A Estação Ferroviária tem mais de 1200 metros quadrados de área construída. No local serão instalados vários serviços públicos para a população. O espaço multiuso vai abrigar Procon, Banco do Povo, Posto Fiscal, Posto de Atendimento ao Trabalhador, Casa do Artesão, atendimento aos contribuintes do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) e da Prefeitura.

Serão executados reparos na cobertura, pisos, instalações elétricas, hidrossanitárias e pintura. O prédio já possui uma área frontal que será utilizada para o estacionamento de veículos e uma área coberta que será utilizada em atividades voltadas para o atendimento ao cidadão e eventos culturais.

Fonte: Secom – PMP