Já que tanto se fala em pesquisas, alguém se lembra das pesquisas de vereador mais atuante?

Reprodução/Internet

Nas últimas semanas temos vistos uma guerra entre os candidatos a prefeito em Penápolis, onde um acusa a pesquisa do outro, que na grande maioria sequer possuem registro junto ao TSE.

Mas grande parte desses políticos já utilizaram pesquisas de institutos que davam prêmios de vereador que teria se destacado, onde os vereadores não só participavam dos eventos, como também utilizavam as imagens para marketing político.

Tais institutos foram alvo de matérias em rede nacional, conforme podemos ver aqui: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2018/08/05/ministerio-publico-do-rs-vai-investigar-premiacoes-compradas-por-politicos-com-recursos-publicos.ghtml.

Houve um caso no qual a pesquisa apresentada pelo político continha 12 vereadores apenas, quando o número real eram 13 vereadores. A matéria veiculada no blog Vereador Não é Profissão pode ser vista clicando aqui.

Será que os valores gastos por tais políticos penapolenses no decorrer de seus mandatos trouxeram benefícios para a população?

Qual o interesse público em tais eventos e premiações?

Vale destacar que diversos vereadores penapolenses utilizaram dinheiro público para participar de tais eventos, uma vez que os custos de viagem, diárias e da participação no evento eram pagos pela Câmara Municipal de Penápolis, conforme podemos ver na tabela abaixo:

ANOVEREADOR(ES)TOTAL GASTO
2009Carlos Henrique Rossi Catalani
Joaquim Soares da Silva
R$ 934,55
2010Rodolfo Valadão AmbrósioR$ 810,37
2011 Rodolfo Valadão Ambrósio R$ 1.208,33
2012 Rodolfo Valadão Ambrósio R$ 1.375,02
2013Jonas Chamareli
José Santino
Fábio Pereira da Silva
Alexandre Gil de Mello*
R$ 5.003,71
2014Fábio Pereira da Silva
Joaquim Soares da Silva
José Santino
Lucas Casella
R$ 5.466,78
2015Jonas Chamareli
José Santino
R$ 3.639,35
2016Jonas Chamareli
Joaquim Soares da Silva
R$ 3.497,87

* O vereador Alexandre Gil de Mello ressarciu os valores referentes à sua hospedagem (R$ 279,30), inscrição paga pela Câmara ao Instituto Tiradentes (R$ 397,00) e ainda abriu mão do valor que teria direito relativo à 01 diária.

Os empenhos podem ser baixados na íntegra utilizando os links abaixo:

E você cidadão penapolense?

Acredita em tais pesquisas?