Iniciada cobertura do prédio principal do Parque Aquático

Secom-PMP

Continuam as obras de reforma do Parque Aquático Dirceu Gastão dos Santos Peters. O trabalho está na fase de cobertura do prédio principal.  Ao mesmo tempo, servidores da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude e do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) tem atuado nas melhorias das piscinas, com a troca de todo o encanamento. 

Desde o início dos trabalhos, em agosto do ano passado, já foram executados serviços de demolição geral de pisos, remoção de portas e vitrôs, remoção das redes de água e esgoto, remoção de telhado, remoção de azulejos, construção de vãos internos, construção de paredes internas e troca do madeiramento.

As obras estão sendo realizadas pela Pina Construtora e Serviços Eireli EPP, de Buritama/SP, vencedora da licitação pública realizada pela Prefeitura de Penápolis. 

As próximas ações serão a instalação de revestimentos e pisos, instalação de vidros temperados em portas e janelas, instalação de louças sanitárias, instalação elétrica e hidráulica, instalação de forro de PVC e pintura. A previsão de entrega da obra é de 90 dias.

O projeto está orçado em R$ 340 mil, sendo R$ 250 mil conquistados através de emenda parlamentar do deputado federal Baleia Rossi e do deputado estadual Itamar Borges.

Para a conquista dos recursos junto aos deputados a cidade contou com a atuação do vice-prefeito Carlos Alberto Feltrin e dos vereadores Roberto Delfino e Adalgiso do Nascimento. Os outros R$ 90 mil restantes são de como contrapartida do município de Penápolis.

A ampla reforma naquela praça esportiva se dá após 40 anos de existência. Até então, pequenas obras de manutenção foram realizadas, em menor amplitude.

No projeto está prevista a reformulação de todo o corpo principal do complexo, que contempla hall de entrada, setor administrativo, banheiros, vestiários e também academia. Além das reformas serão promovidos reparos nas piscinas, e as quadras externas também deverão passar por revitalização.

Fonte: Secom – PMP