HEPATITES VIRAIS: Campanha Julho Amarelo deste ano realizou 1.480 testes

PREFEITURA DE BIRIGUI/Assessoria de Imprensa

A Secretaria de Saúde de Birigui, por meio do Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites virais, divulgou nesta segunda-feira, dia 5 de agosto, o balanço da Campanha Julho Amarelo, que teve o objetivo de promover ações de prevenção e diagnóstico precoce das hepatites virais.

Segundo o coordenador do Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites virais, Caio César Mafi Silva, durante a campanha foram realizados 1.480 testes, sendo 740 de hepatite B e 742 de hepatite C. Foram registrados seis testes positivos para Hepatite C.

As Hepatites B e C são doenças causadas por vírus que prejudicam o fígado e silenciosas na maioria dos casos, ou seja, não apresentam sintomas. Podem levar a problemas graves como a cirrose, câncer e em alguns casos causar diabetes.

Podem ser transmitidas por relações sexuais ou uso de objetos que entraram em contato com sangue contaminado, como agulhas e seringas, lâminas de barbear, escova de dentes, materiais de manicures e estúdios de tatuagem quando não esterilizados.

Existem tratamentos disponíveis no SUS para quem tem Hepatite B ou C, o que pode levar a cura de muitos casos.

Quem não fez o teste durante a campanha pode comparecer na Praça Gumercindo Paiva Castro, sem número, no Centro de Especialidades Médicas, e agendar o teste.

O atendimento ao público para testagem é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. O acompanhamento e tratamento desses pacientes é feito pelo Serviço de Assistência Especializada, onde são realizadas consultas periódicas, exames de rotina e fornecimento das medicações.

É importante que as pessoas que procurarem os testes estejam preferencialmente portando um documento com foto (RG ou CNH) e não é necessário jejum para a coleta do sangue.

Outras informações podem ser obtidas pelo fone (18) 3643-6262.

Fonte: PREFEITURA DE BIRIGUI/Assessoria de Imprensa