Em meio à pandemia, Caíque Rossi quer reduzir o repasse mensal para custeio do Pronto Socorro

Jean Rizk
- Publicidade -

Por mais absurdo que pareça, o prefeito Caíque Rossi quer reduzir os repasses mensais para o custeio do Pronto Socorro na cidade de Penápolis, conforme Mensagem de nº 17, de 31 de março de 2021 enviada à Câmara Municipal de Vereadores de Penápolis.

Obviamente que, diante da pandemia que enfrentamos por conta do Covid-19 e a necessidade constante de melhorias na Saúde, espera-se do administrador público que passe a investir mais e não que reduza repasses feitos à Saúde.

Lembrando que o Pronto Socorro é um dos primeiros locais que as vítimas do Covid-19 procuram para atendimento inicial.

O Pronto Socorro Municipal não precisa de nenhuma melhoria?

Já existem profissionais suficientes para atender todas as demandas da população?

Se há sobras no repasse, por qual motivo os valores não são revertidos em melhorias no Pronto Socorro?

O pedido da alteração da Lei para a redução do repasse mensal para custeio do Pronto Socorro será votada hoje na Câmara de Vereadores de Penápolis.

- Publicidade -