Desenvolvimento Econômico mapeia a inserção internacional das empresas calçadistas

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico

A SDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) da Prefeitura Municipal de Birigui realizou o mapeamento da inserção internacional das empresas calçadistas da cidade entre 2000 e 2020.   

O levantamento realizado pelo Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura Municipal contou com a participação do secretário da SDE, Nelson Giardino, e teve por objetivo analisar a dinâmica exportadora local do segmento de calçados, avaliando os principais mercados (países) de destino das exportações do Polo Calçadista de Birigui, Capital Brasileira do Calçado Infantil.

Apesar das várias crises do mercado internacional, da globalização, da guerra comercial e das mudanças na economia mundial as empresas do segmento continuaram sua trajetória de conquista de novos mercados levando os produtos produzidos na cidade para um número diversificado e expressivo de países alcançando todos os continentes. Hoje são mais de 50 países que recebem os produtos locais.

Em 2000, os principais mercados atendidos eram a Argentina, a Venezuela e os EUA. Já em 2010, a Venezuela conquistou a primeira posição, seguido pela Bolívia e, em terceiro lugar, a Angola.

No presente ano, de 2020, a Líbia assumiu a liderança como compradora dos calçados locais, seguida pela Bolívia e Emirados Árabes Unidos.

Para tornar a visualização dos dados mais ilustrativa a SDE contou com o trabalho do economista e pesquisador Marco Aurélio Barbosa de Souza, que desenvolveu um vídeo apresentando ano a ano os principais países compradores das exportações calçadistas do município, evidenciando as mudanças ocorridas ao longo do tempo.

Dessa forma, as duas décadas (2000 a 2020) de história oportunizam uma reflexão sobre as possibilidades e potencialidades de desenvolvimento econômico local, demonstrando a força produtiva e econômica de Birigui e as oportunidades de ampliação de seus mercados via o comércio internacional.

A SDE lembra que a inserção do polo calçadista ocorreu na década de 1970 quando as primeiras exportações de calçados foram realizadas para o Canadá, conforme imagem em anexo que mostra o embarque de calçados para o Canadá realizado pela Indústria e Comércio de Calçados Sandra Ltda em meados de 1974.

Destaca-se que apesar dessa entrada no mercado externo nos anos 70, o foco local sempre foi o mercado interno. Todavia, a atual taxa de câmbio desvalorizada juntamente com o arrefecimento da demanda do mercado nacional e a volta do crescimento econômico em alguns países amplia as oportunidades para a conquista de novos mercados.

Fonte: PREFEITURA DE BIRIGUI/Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico