Cursos gratuitos são pauta de reunião com Secretário de Educação

Secom-PMP

O prefeito de Penápolis, Célio de Oliveira, se encontrou esta semana com o Secretário de Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares. A reunião ocorreu na quinta-feira (01) na capital paulista, e tratou de assuntos relacionados à educação profissionalizante. Segundo Célio, estão sendo finalizadas tratativas com o governo para viabilização de cursos técnicos vinculados ao Ensino Médio.

O prefeito recordou que recentemente, em razão da ausência de políticas públicas para oferta de cursos profissionalizantes, as atividades do IMP (Instituto Municipal de Profissões) foram suspensas para reformulação do serviço. “Porém agora estamos retomando os trabalhos para dinamizar a oferta de capacitação. Em breve teremos novidades”, anunciou ele.

“Infelizmente nos últimos anos as parcerias para a realização dos cursos voltados à população foram diminuindo. O Pronatec, do Governo Federal, por exemplo, não existe mais, e diversas outras iniciativas com o Senai e demais órgãos voltados à atividade não mais se consumaram. Estamos procurando restabelecer estas parcerias, especialmente com o Governo do Estado, que lançou o Programa Novotec”, comentou.

“O secretário Rossieli informou que o Novotec dará oportunidade aos alunos do Ensino Médio da rede pública de cursarem simultaneamente ensino técnico profissionalizante. Com essa medida, o jovem poderá concluir o Ensino Básico com dois diplomas”, disse o prefeito.

“Esse trabalho é realizado através do Centro Paula Souza, que coordena as Etecs e Fatecs do Estado de São Paulo. O Novotec oferecerá cursos de acordo com a demanda dos jovens e do mercado de trabalho, proporcionando mão de obra qualificada”, explicou o prefeito.

Pelo projeto do Governo, ao todo 36 municípios estão recebendo turmas do Novotec na modalidade integrada.

Além da modalidade integrada, o programa prevê outras três de curta-duração: Novotec Expresso, Novotec Móvel e o Novotec Virtual. Ao todo, serão mais de 30 mil vagas em 2019 nas quatro modalidades.

No Novotec Expresso, serão oferecidos cursos de curta duração (200 horas) para qualificação profissional em escolas estaduais e laboratórios das Etecs.

Também com 200 horas, o Novotec Móvel contará com cursos para qualificação profissional realizados em unidade móvel (carreta). Em 2019, serão disponibilizadas cerca de 1,5 mil vagas.

Já no Novotec Vitural serão cursos técnicos com 200 e 400 horas de duração utilizando a estrutura de ensino à distância da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), com conteúdo do Centro Paula Souza. Em 2019, serão disponibilizadas 3.000 vagas.

Fonte: Secom – PMP