Caged: região de Birigui tem saldo positivo na geração de empregos no mês de abril

- Publicidade -

Região com 18 municípios, a saber, Alto Alegre, Avanhandava, Barbosa, Bilac, Birigui, Braúna, Brejo Alegre, Buritama, Clementina, Coroados, Gabriel Monteiro, Glicério, Lourdes, Luiziânia, Penápolis, Piacatu, Santópolis do Aguapeí e Turiúba, fechou o mês de abril com a criação de 812 novas vagas com carteiras de trabalho assinadas.

Cidades com mais de 50 mil habitantes: Birigui e Penápolis


Birigui: cidade com 30.115 empregos formais registrados em 2019, fechou o mês de abril com 1.108 admissões e 1.172 demissões, portanto, um saldo negativo de 64 vagas.
A indústria de transformação perdeu 150 vagas; comércio perdeu 61. No entanto, em outros setores o saldo foi positivo, como construção civil, com a criação de 17 novas vagas e serviços, com a criação de 129 vagas de empregos formais.

Penápolis: saldo positivo de 303 novas vagas de empregos formais. No período foram 727 admissões e 424 desligamentos.
Grande parte das novas vagas foram criadas no setor de serviço, com 148 e agricultura, com 184 novas vagas. Houve perdas na indústria de transformação.

Demais municípios:


Alto Alegre: criação de 68 vagas de empregos com carteiras assinadas;
Avanhandava: 81 novas vagas com carteiras assinadas;
Barbosa: saldo positivo de 1 vaga;
Bilac: 22 novas vagas;
Braúna: 4 novas vagas;
Brejo Alegre: saldo negativo, -2 vagas;
Buritama: 398 novas vagas;
Clementina: 38 novas vagas;
Coroados: saldo negativo, -12 vagas;
Gabriel Monteiro: saldo negativo, -2 vagas;
Glicério: saldo negativo, – 31 vagas;
Lourdes: -1 vaga;
Luiziânia: criação de 6 novas vagas;
Piacatu: saldo positivo de 5 novas vagas;
Santópolis do Aguapeí : criação de 2 novas vagas;
Turiúba: criação de 2 novas vagas.

- Publicidade -