Cabide Solidário oferece roupas e calçados doados por empresárias de Buritama

Assessoria de Imprensa e Guilherme Evangelista

O Fundo Social de Solidariedade criou o projeto ‘Cabide Solidário’. A ideia surgiu ao constatar que as doações feitas eram depositadas em caixas enormes. As roupas ficavam todas misturadas, dificultando a procura pela numeração correta. O projeto de doação de roupas já existe por todo país, o diferencial do Fundo Social de Buritama foi criar uma loja para dar mais dignidade e humanizar a solidariedade.

O ‘Cabide Solidário’ foi criado em junho deste ano, até o início de dezembro, foram recebidas cerca de 19 mil peças doadas, com aproximadamente 3 mil pessoas atendidas. Para celebrar seis meses de fundação, o local recebeu doação de roupas e calçados de empresárias de Buritama. A parceria aconteceu com as empresas: Roupa Bonita, Irreverente, Cidinha calçados, Karisma e Baton Duo.

Com o slogan “Você precisa? Sim! Pegue o necessário. Não. Doe uma peça”. A meta é incentivar a solidariedade entre as pessoas da cidade. O local, além de atender às famílias em vulnerabilidade social, também recebe doações das pessoas que se preocupam com quem não tem uma roupa adequada para se vestir. O público poderá encontrar roupas masculinas, femininas, infantil, sapatos e acessórios como bolsas e sacolas. Qualquer pessoa que necessite pode comparecer no local.

“É importante que todas as pessoas se envolvam na causa para que o projeto consiga atingir às famílias carentes. Com a mobilização e dedicação de todos, será possível atingir nossos objetivos. Desejamos despertar nas pessoas o espírito da solidariedade e ajudar o próximo. Quero agradecer ainda as empresárias que acreditaram em nosso projeto e fizeram doação de roupas e calçados novos. Muitas peças estavam ainda com etiquetas, ou seja, todas as pessoas que visitaram o local tiveram a oportunidade de ganhar uma peça nova”, disse a presidente do Fundo Social, Sirley Zacarias dos Santos.

Segundo a diretora da Assistência e Desenvolvimento Social, Gislaine Murakami Rodrigues, existem pessoas que não tem condições de comprar roupas, por isso, de acordo com ela, este projeto é fundamental para atender às famílias carentes. “Este projeto já ajudou muitas pessoas, agradeço a todos que colaboraram e colaboram com as doações de roupas e calçados de qualidade. Se as famílias fossem comprar com certeza faria falta no orçamento delas”, concluiu Gislaine.

DOAÇÕES

As doações são recebidas por uma atendente do Fundo Social de Solidariedade de Buritama. A funcionária relaciona os produtos em um formulário. É identificado o doador, endereço e telefone. (Serão respeitados doadores anônimos utilizando-se de iniciais). As roupas são destinadas para separação, caso estejam em bom estado de uso, é enviada ao ‘Cabide Solidário’.

Caso haja necessidade de reparos, as costureiras fazem a customização das peças. Todas as doações passam por supervisão de higiene, devendo ser limpas (lavadas e passadas) para ir ao cabide. Na loja, o atendimento é feito por uma funcionária que auxilia o morador na escolha das peças com um atendimento semelhante a uma loja de roupas. A pessoa terá liberdade para escolher as peças de uso.

O atendimento do ‘Cabide Solidário’ acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 16h30. O local fica dentro do prédio do Fundo Social de Solidariedade, localizado na rua Marechal Deodoro, 755, Livramento. Será reservado um dia da semana para a reposição das peças do cabide que forem doadas.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Fotos: Assessoria de Imprensa e Guilherme Evangelista