Buritama tem curso gratuito com orientações para gestantes

Assessoria de Imprensa/Prefeitura Municipal de Buritama

O Departamento de Assistência e Desenvolvimento Social, por meio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), iniciou na terça-feira (10), curso gratuito de gestantes. Durante 10 encontros, as participantes irão receber orientações para tornar o período mais tranquilo e garantir saúde da mãe e do bebê. Os encontros contam com a participação de ginecologista, enfermeiro, psicólogo, agente de saneamento, fonoaudiólogo, nutricionista e pedagoga.

Os temas abordados neste curso são: acolhimento e orientação as mamães gestantes; vínculo afetivo; alimentação; mudanças físicas e emocionais na gestação; calendário de vacinação; importância do pré-natal; violência contra crianças, mulher e idoso; arboviroses; amamentação; calendário de consulta, trabalho de parto e cuidado com o bebê. O último encontro será no dia 19 de maio, com a entrega de enxoval.

As futuras mamães também participam do processo de confecção do enxoval. As peças são costuradas por funcionárias e as gestantes fazem bordados. O kit é entregue no encerramento e conta com cinco fraldas, quatro cueiros, uma tolha de banho, um cobertor de lã, um macacão, um body, um mijão, uma toalha de boca, uma sacola, 10 fraldas descartáveis, meias de sapatinhos, uma banheira e conjunto com escova e pente.

Para a diretora do Departamento de Assistência e Desenvolvimento Social, Gislaine Murakami Rodrigues, o curso busca orientar as futuras mães sobre o período de gestação, parto, puerpério e os cuidados ao recém-nascido. O programa busca também ouvir, acolher e detectar situações de violação de direitos e assegura o desenvolvimento das relações de afetividade e fortalecimento do convívio familiar.

“Desejamos que as mulheres compreendam o seu papel como mãe nos cuidados do desenvolvimento da criança desde a sua concepção e evolução da faixa etária de seus filhos, buscando fortalecer o vínculo familiar com afetividade e harmonia no lar, onde busca-se compartilhar a troca de experiências e habilidades, além de permitir um parto com dignidade, equidade e igualdade de condições com outras mães ao cooperar com algumas peças do enxoval do bebê”, disse a diretora Gislaine.

Para a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Sirley Zacarias dos Santos, o curso é elaborado para que as mães se sintam seguras e tenham tranquilidade durante a formação do vínculo com o filho. “Acreditamos no resultado positivo do projeto, em que as gestantes passam a fazer também em suas residências as peças do enxoval, após receberem as instruções para a confecção, enquanto participam das atividades antes do parto”, concluiu.

Os encontros acontecem na sala de reuniões do Centro de Referência, que fica na rua Romeu Brito, 745, no Livramento. O local atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Informações (18) 3691-2759.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Prefeitura Municipal de Buritama