Boletim Covid-19 – Penápolis 24/09/2020

Secom-PMP
- Publicidade -

Positivos
A Secretaria Municipal de Saúde informa que até às 12h desta quinta-feira (24), foram registrados 820 casos positivos de Covid-19.

Dos casos positivos de Penápolis, um paciente permanece internado, 157 pessoas estão em quarentena e 642 pacientes estão recuperados.

Até o momento, foram registrados 20 óbitos por Covid-19 (oito homens de 53, 57, 64, 65, 66, 73, 74 e 77 anos, menina de 9 anos, e 11 mulheres de 41, 61, 62, 68, 78, 81, 87, 87, 88, 89 e 93 anos).

Suspeitos e descartados
Até o fechamento deste boletim, 178 pacientes aguardam o resultado de exame ou a data para a realização do teste rápido.

Outros 409 casos foram descartados por avaliação clínico-epidemiológica e 2.860 pacientes tiveram resultado negativo para Covid-19.

Este boletim inclui os dados de todos os pacientes notificados por síndrome gripal.

Os registros deste Boletim seguem as Normas das Resoluções SS-28 e SS-31, ambas de março de 2020, da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. À medida que novos fatos surgirem, outros comunicados oficiais serão expedidos pela Secretaria de Comunicação Social.

Ocupação dos leitos
A Secretaria Municipal de Saúde informa que, até às 12h desta quinta, 18 pacientes estavam internados no Hospital de Campanha – Centro de Referência de Covid-19.

Seis são residentes em Penápolis.

Cinco pacientes estão internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Portanto, há cinco leitos vagos. Um paciente é de Penápolis e tem diagnóstico positivo para a Covid-19.

Quatro pacientes são residentes em Andradina, Avanhandava, Castilho e Presidente Alves.

Dos três leitos de suporte ventilatório, um está ocupado por um paciente de Penápolis que aguarda o resultado.

Na enfermaria do hospital de campanha, há 12 pacientes internados.

Até o momento, há oito leitos vagos de enfermaria.

Quatro pacientes são residentes em Penápolis e aguardam o resultado de exame.

Oito pacientes internados na ala são moradores de outros municípios (Alto Alegre, Andradina, Avanhandava, Braúna e Luiziânia).

Fonte: Secom-PMP

- Publicidade -