Aumento de homenagens feitas por vereadores em ano eleitoral

Jean Rizk

Chega a ser bizarra a quantidade de moções de congratulações propostas por vereadores penapolenses, muitas delas sem qualquer lógica ou necessidade, como por exemplo a moção de congratulação proposta pelo vereador Francisco José Mendes (Tiquinho) para o programa The Voice Kids em 2019.

Até o presente momento foram realizadas 07 (sete) sessões ordinárias no ano de 2020, sendo que apenas o vereador Roberto Delfino já propôs 06 (seis) moções de congratulações.

O vereador Roberto Delfino além de ser um dos edis que mais gasta com viagens pagas pela Câmara, também é um dos que mais tem proposto moções de congratulações recentemente.

As moções e homenagens tomam boa parte do tempo das sessões ordinárias, onde assuntos de interesse do município deveriam ser discutidos.

Não bastasse esse tempo das sessões que envolvem gastos com estrutura, funcionários etc, ainda existem os gastos relativos à propositura das moções em si.

Em ano eleitoral, será que os autores de tais moções realmente acreditam que estejam fazendo algo de útil pela sociedade penapolense?

Será que não existem assuntos mais sérios e necessários que demandem realmente a atenção dos vereadores?