Assistência Social realiza cadastro único para programas sociais

Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Buritama

O Departamento de Assistência e Desenvolvimento Social, por intermédio da gestão do Cadastro Único e Bolsa Família realizam desde o ano passado visitas em residências, sítios, ranchos, condomínios e entidades para inserir novos cadastros e realizar atualização dos dados, para que o morador não tenha o benefício bloqueado. Os grupos estão inseridos na política de Assistência Social, mediante aos programas federal, estadual e municipal para benefícios de transferência de renda.

O benefício atende os idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência de qualquer idade, com avaliação médica. Em ambos os casos é necessário ter renda mensal familiar inferior a 1/4 do salário mínimo, por pessoa. As famílias que estão sem atualizar o cadastro há mais de 24 meses devem procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) para regularizar a situação. É por meio dos dados do governo federal que os usuários são selecionados.

O cadastro conta com a gestora Chirley Geane Medeiros e Silva Rodrigues, além das operadoras e responsável pelas entrevistas Iara Cristina de Andrade e Elisangela Cristina de Oliveira Sanches Canovas. “O mais importante hoje é a população ficar ciente de que o Cadastro Único é a porta de entrada aos programas, projetos, serviços e benefícios do governo federal, estadual e municipal”, informou Chirley.

 Conforme a diretora da Assistência e Desenvolvimento Social, Gislaine Murakami Rodrigues, a inclusão do cadastro é exigência da legislação federal para acesso aos programas sociais e de transferência de renda Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Tarifa Social de Energia Elétrica, Carteirinha do Idoso entre outros.

O CRAS fica na Rua Romeu Brito, 745 – Livramento. O setor atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Mais informações pelo telefone (18) 3691-2759.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Buritama