ACIB, Prefeitura de Birigui e SINBI manterão contato para ‘monitorar’ o coronavírus

Tiago Lotto

A Prefeitura de Birigui, o SINBI (Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui) e a ACIB (Associação Comercial e Industrial de Birigui) estão unidos para ‘mapear’ o coronavírus, doença respiratória que está assustando o mundo.

O prefeito Cristiano Salmeirão e os assessores Carlos Farias e Aladim José Martins atenderam os representantes do SINBI e da ACIB na tarde desta segunda-feira (16), quando ficou definido um trabalho em equipe para monitoramento da doença em Birigui.

A meta é preservar vidas. “Primeiro a saúde. Colocamos os profissionais da Secretaria de Saúde de Birigui à disposição do SINBI e da ACIB. Nossas ações serão em conjunto, visando promover medidas preventivas para evitar a doença na cidade”, explicou o prefeito.

A reunião ocorreu na sede da Prefeitura de Birigui, que fica na Praça James Mellor, sem número, região central da cidade.

Estiveram presentes o presidente do SINBI, Renato Ramires, o diretor regional da FIESP/SP, Samir Nakad, a diretora executiva do SINBI, Silvia Mestriner, o empresário Paulo Doc, o presidente da ACIB, Maurício Pazian, e o empresário e diretor do SINBI Carlos Mestriner.

A Prefeitura de Birigui optou por não suspender o atendimento das creches, já que muitos trabalhadores do comércio e das indústrias necessitam deixar seus filhos nas 18 creches mantidas pelo governo municipal.

Já as 17 escolas da prefeitura irão suspender as aulas a partir da próxima segunda-feira, dia 23 de março. O retorno das aulas não foi definido, porém a informação será divulgada com antecedência.

“Agora é hora de unir força. O governo municipal e os setores do comércio e calçadista entraram em um consenso sobre a importância de unir forças para enfrentar o coronavírus”, disse o presidente do SINBI, Renato Ramires.

“Faremos um monitoramento diário dos acontecimentos da cidade e região. Teremos, ainda, encontros semanais. Todas as medidas serão tomadas em conjunto. Esse grupo continuará a se reunir para tratar da doença e das ações preventivas”, disse o presidente da ACIB, Maurício Pazian.

O assessor executivo da Prefeitura de Birigui, Carlos Farias, será o porta voz da administração junto ao terceiro setor. “Vamos trabalhar em equipe. Essa integração é importante neste momento de mudanças”, frisou Faria.

SUSPENSÃO

A Prefeitura de Birigui informa que todos os seus eventos oficiais foram suspensos em função da prevenção relacionada ao coronavírus.

A partir do dia 23 também serão suspensas as atividades das escolinhas esportivas da Prefeitura de Birigui e aulas e atividades da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secultur).

O Centro Dia do Idoso suspendeu suas atividades e o Restaurante Popular deverá suspender em breve, assim como outros setores da prefeitura. A suspensão será divulgada em breve, quando o prefeito Cristiano Salmeirão irá publicar um decreto sobre as medidas necessárias para o enfrentamento da doença.

Até o momento Birigui não registrou casos de coronavírus. Há, apenas, um caso suspeito da doença. A Secretaria de Saúde de Birigui aguarda o resultado do exame, que é feito pelo Instituto Adolfo Lutzs.

Como atualmente não existe vacina para prevenção de infecção pelo coronavirus, a melhor maneira de prevenir é evitar a exposição ao vírus.

Ações preventivas diárias que possam auxiliar na prevenção de propagação de vírus respiratórios:

  • Higiene frequente das mãos com água e sabão ou preparação alcoólica;
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca sem higienização adequada das mãos;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, com cotovelo flexionado ou utilizando-se de um lenço descartável;
  • Ficar em casa e evitar contato com pessoas quando estiver doente;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: PREFEITURA DE BIRIGUI/Assessoria de Imprensa/Texto e foto: Tiago Lotto